Alimentos de cor laranja trazem longevidade


 

Alimentos de cor laranja trazem longevidade


Coma cenoura. E um pouco da abóbora que sobrou de ontem.

Pessoas com altos níveis de alfa-caroteno no sangue – o antioxidante encontrado em frutas e vegetais de cor laranja – vivem mais e possuem menor probabilidade de morrer de doença cardíaca e câncer do que pessoas com pouca ou nenhuma quantidade de alfa-caroteno no sangue, de acordo com um novo estudo.

O estudo não prova a relação de causa e efeito, apenas uma associação.

Mesmo assim, os resultados são intrigantes.

Pesquisadores dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças analisaram níveis de alfa-caroteno em amostras de sangue de mais de 15 mil adultos que participaram de um estudo de acompanhamento da terceira Pesquisa Nacional de Exame de Saúde e Nutrição, de 1988 a 1994.

Até 2006, os pesquisadores observaram que 3.810 participantes tinham morrido.

Os que tinham maiores níveis de alfa-caroteno tiveram maior probabilidade de terem sobrevivido, mesmo depois que os cientistas controlaram variáveis como idade e tabagismo.

As pessoas com maior concentração do antioxidante tinham quase 40% menos probabilidade de terem morrido do que as com concentração menor de alfa-caroteno.

Os indivíduos com níveis intermediários tinham probabilidade 27% menor de terem morrido do que aqueles com concentração menor de alfa-caroteno.

“É muito impressionante”, disse o epidemiologista Dr. Chaoyang Li, principal autor do estudo, que foi publicado online no dia 22 de novembro no “Archives of Internal Medicine”.

 

© 2010 New York Times News Service Tradução: Gabriela d’Ávila

Yahoo!

 

Anúncios