Gorda!


 

Modelo da Ralph Lauren diz que foi demitida por estar gorda

Por Redação Yahoo! Brasil

 

 

A briga entre a ditadura da magreza e a chamada beleza "real" no mundo da moda continua. Filippa Hamilton, uma modelo que ficou conhecida após ter o corpo desfigurado pelo Photoshop em uma campanha da Ralph Lauren, declarou que foi demitida da marca porque estava "gorda".

 

Segundo o jornal New York Daily News, a jovem de 23 anos trabalhava há sete para a marca americana. Filippa disse que seu contrato foi finalizado em abril sob a alegação de que ela havia engordado muito e não cabia mais nas roupas da Ralph Lauren.

 

A propaganda em que a modelo parecia magra demais foi exibida somente no Japão, mas a Ralph Lauren a retirou após a polêmica em torno da imagem da jovem, além de fazer um pedido formal de desculpas.

 

Apesar disso, a Ralph Lauren nega que tenha demitido Filippa por seu suposto excesso de peso, declarando que a modelo era incapaz "de cumprir com as obrigações de seu contrato". A marca não especifica quais obrigações.

 

Gordinhas

 

Na semana passada, a revista americana "Glamour" e a alemã "Brigitte" anunciaram que iriam estampar em suas capas modelos mais próximas do "real". Tudo para reconquistar as leitoras que se distanciaram por sempre se depararem com um padrão de beleza distante do seu dia a dia.

 

Em meio a essa polêmica, um grupo de parlamentares franceses colocou em discussão um projeto de lei para limitar o uso abusivo do Photoshop. Sob a proposta, toda imagem modificada que for publicada no país em anúncios, notícias ou embalagens de produtos deverá trazer um aviso. Quem descumprir a regra estaria sujeito a uma multa de US$ 55 mil ou até 50% do custo da campanha.

 

Yahoo!

 

Anúncios