Sexo é um presente para o casal


 

Sexo matinal, tônico para o organismo

Por EFE Reportagens

 

ffffound!

 

 

Quer maneira melhor de começar o dia do que fazendo amor com a pessoa amada, após um descanso noturno reparador? Sem dúvida é um grande "energético" para enfrentar o dia que se inicia com entusiasmo renovado. Mas, além disso, acaba de ficar provado que pode ser muito benéfico não só para a alma, mas também para o corpo.

 

 

De acordo com um estudo da Universidade Queen’s de Belfast (Reino Unido), sexo pela manhã melhora o funcionamento de diferentes órgãos, reforça as defesas imunológicas, melhora a circulação e diminui a pressão. Além disso, permite queimar calorias, reduz o risco de diabetes, fortalece ossos e músculos, e ajuda a alivar a artrite e dores de cabeça.Entre outras descobertas, o trabalho publicado na revista britânica "New Scientist" destaca que fazer sexo pela manhã é uma atividade física que permite queimar até 3.000 calorias por hora.

 

 

Além disso, os casais que começam o dia fazendo amor têm melhor aparência, já que o orgasmo aumenta os níveis de estrogênio e outros hormônios diretamente relacionados ao brilho e textura da pele, e com a saúde do cabelo. O estudo britânico também sugere que os homens produzem mais testosterona se fazem sexo de manhã.

 

 

Sobre a mulher, outro estudo anterior da Universidade do Estado de Nova York, feito com 300 estudantes, sugere que aquelas que fazem amor de manhã podem melhoram de forma considerável seu ânimo e têm menos tendência a desenvolver um quadro depressivo.

 

 

Outra pesquisa feita recentemente pela Escola de Medicina de Yale (Estados Unidos), também aconselha o sexo matutino, garantindo que, na mulher, tem um efeito protetor contra a endometriose, ou seja, o surgimento e crescimento de tecido endometrial fora da cavidade uterina.

 

 

 

Reações bioquímicas.

 

 

Grande parte dos benefícios fisiológicos do sexo se deve ao turbilhão de reações bioquímicas que acontece no organismo antes, durante e após um ato prazeroso. A atividade sexual aumenta a auto-estima, estimula a criatividade, promove o autoconhecimento e revitaliza. Além disso, uma vida amorosa ativa é um bom antídoto contra os problemas mentais e há evidências de uma estreita relação entre as disfunções sexuais e os estados depressivos.

 

 

Já existe uma considerável base científica que indica que praticar sexo é uma forma apaixonante de entrar em forma, semelhante a fazer algum esporte, e que manter uma vida sexual ativa melhora a qualidade de vida das pessoas.

 

 

Por exemplo, sabe-se que o sexo aumenta a vitalidade, já que o aumento da capacidade cardiorrespiratória que ocorre durante o ato sexual oferece mais energia ao organismo, o que favorece a mobilidade dos músculos e aumenta a sensação de agilidade.

 

 

Além disso, durante o ato sexual, o sistema nervoso associado ao aparelho respiratório se prepara para uma etapa de ação intensa, aumentando seu ritmo de funcionamento. Ao respirar ativamente, ativa-se a inspiração do ar e, assim, chega mais oxigênio a todos os órgãos e tecidos.

 

 

 

 

Por Rocío Gaia.

EFE-REPORTAGENS.

 

Yahoo!

Ao contrário do que muitos pregam dentro do cristianismo: que o sexo é só para procriação, tenho convicção de ser um presente de Deus para quem se permite procriar, e ser responsável por uma nova geração,  além disso, dá saúde e vida para o casal, assim não me furto o direito de postar esta matéria, sem pudores provincianos e religiosos.

 

Sexo é um presente de Deus para pessoas equilibradas, sensatas e que se amam, até que a morte os separe. 

 

Anúncios