Lesões esportivas, um problema comum


 

Lesões esportivas, um problema comum
Por Rogério Teixeira da Silva*
 

 

 

O conceito de esporte está diretamente relacionado à saúde, porém a atividade física realizada de forma inadequada pode trazer muitos problemas ao atleta desavisado.As lesões esportivas são extremamente frequentes, e é muito difícil alguém praticar um esporte durante a vida e não sofrer algum tipo de lesão. Para cuidar disso, médicos se especializam em atender atletas de futebol, tênis, atletismo, ginástica e natação, por exemplo.

 

No Brasil as lesões mais tratadas são decorrentes do futebol, pois este é o esporte mais praticado em nosso país. Particularmente no futebol, as lesões do joelho e as lesões musculares são as mais encontradas – praticamente todo mundo já ouviu falar daquela famosa "fisgada", que nada mais é do que o estiramento do músculo, além do que ele pode aguentar.

 

As lesões do joelho merecem uma atenção especial, pois muitas torções acabam levando o atleta para a mesa de cirurgia. As mais frequentes são as lesões de menisco e de ligamento cruzado, que hoje podem ser tratadas com uma cirurgia micro-invasiva chamada de artroscopia, o que pode fazer com que o atleta volte mais rapidamente à prática esportiva com um menor índice de complicações.

 

Outros esportes também têm suas lesões específicas, como o conhecido "tennis elbow", tendinite da região do cotovelo que é extremamente conhecida entre tenistas amadores. Esta é uma lesão especial, pois se você simplesmente tratar dela sem corrigir o movimento esportivo que causa a lesão, o tenista pode voltar a ter a lesão.

 

Outra lesão muito frequente, e que praticamente acontece em todos os esportes, é a torção do tornozelo. Na hora da lesão você deve sempre colocar gelo, comprimindo com uma faixa, para evitar que inche. O que se recomenda em todo caso de torção é procurar um médico para que seja feita uma radiografia, para ver se ocorreu ou não uma fratura. Geralmente se recomendam anti-inflamatórios para melhorar a dor e diminuir a inflamação que ocorre no local.

 

Aproveite o início do ano e comece a se exercitar ainda hoje. Sabemos muito bem do mal do sedentarismo, mas praticar esportes de forma incorreta pode fazer com que os benefícios da atividade física sejam rapidamente esquecidos. Na dúvida, pergunte a um médico especialista o que você deve fazer – mas não deixe de se exercitar. Atividade física previne várias doenças e ajuda a cuidar da saúde do corpo e da alma

 

E se você não pode praticar nenhum esporte, pense em algumas coisas do dia-a-dia, como descer um ponto antes quando for ao trabalho de ônibus ou descer escadas ao invés de pegar o elevador se você mora até o quinto andar de um prédio. Trinta minutos por dia já faz diferença, e você pode até fazer 15 minutos de manhã e 15 minutos a noite. Você não vai acreditar no benefício que isto vai trazer para a sua vida!

 

Dr. Rogério Teixeira da Silva é ortopedista especializado em medicina esportiva, coordenador do Comitê Médico da Confederação Brasileira de Tênis e médico do Hospital São Luiz, em São Paulo.

 

http://br.news.yahoo.com/s/05022009/25/entretenimento-lesoes-esportivas-problema-comum.html

Anúncios