Dez Mitos Não Tão Ruins


 

 

Dez Mitos Não Tão Ruins

 

 

Copos de cerveja evitam doenças cardíacas e chocolate previne câncer? Saber que as coisas que normalmente eram rotuladas como “porcarias” para você comer, beber ou inalar são, na realidade saudáveis, soa como música para nossos ouvidos. Portanto siga em frente e aproveite estes remédios que fazem mal para você, mas com moderação até que saia o próximo estudo que inevitavelmente irá negar as pesquisas anteriores.

 

 

 

10. Cerveja

 

Essa ovelha negra tem sido há muito esquecida por causa de seus irmãos alcoólicos mais saudáveis. Novas pesquisas sugerem que ingestão moderada de cerveja melhora a função cardiovascular. Agora falta os cientistas encontrarem os benefícios de parmesão frito e torresmo.

 

9. Raiva

 

Estudos mostram que acometimentos raivosos contidos são bons para a saúde. Mas é melhor, como em tudo, ser moderado: sentir raiva por longos períodos traz vários problemas para a saúde como pressão alta, problemas de sono e danos nos pulmões.

 

Os Homens de Ferro da vida real

 

8. Café

 

Esta é uma das substâncias mais debatidas. É bom para você? É ruim? Ambos? O consenso agora parece ser em favor daqueles que gostam de um cafezinho. Estudos afirmam que o café é uma grande fonte de antioxidantes na sua dieta e pode ajudar a diminuir risco de desenvolver diabetes. Outra substância contida em suas sementes também foi ligada à diminuição de chance de cirrose hepática e pancreatite.

 

7. LSD

 

Não estamos advogando uso de substâncias ilegais. Mas verifique estes interessantes fatos: em alcoólatras, pequenas doses de LSD mostraram ajudar a passar o pior estado da recuperação e prevenir relapsos. Estes estudos, alguns com décadas de idade, foram bastante cuidadosos e os pacientes, acompanhados até hoje, não beberam mesmo muitos anos depois. É um fato interessante que precisa de muitas novas investigações e certamente não é um remédio que deve ser utilizado em casa. Outro estudo recente mostrou que 36 voluntários que tomaram uma substância similar ao LSD em laboratório reportaram experiências místicas e mudanças comportamentais que duraram por semanas.

 

 

6. Luz do Sol

 

Exposição aos raios solares é necessário para a sobrevivência, mas também pode matar você de maneira cancerosa. Os asmáticos, ao menos, podem se beneficiar de doses mensuradas de raios ultravioleta, de acordo com cientistas. A luz solar suprimiu a reação imune que causam asma em alguns estudos com ratos e podem ser utilizados para tratar humanos afligidos pela a doença no futuro. O Sol também, mesmo a luz indireta como na sombra de uma varanda, pode melhorar o humor. Luz solar extra pode ajudar quem trabalha em escritórios a evitar o cansaço, um estudo recente descobriu. Mas ainda não há desculpa para sair de casa com roupa de banho e cozinhar-se, no entanto.

 

5. Larvas de inseto

 

Elas são asquerosas e quando juntas em um grande grupo tem uma aparência esquisita. Mesmo assim essas criaturas são a nova cura da ciência que foi aprovada pelo FDA dos EUA como o único dispositivo médico vivo. Quando colocadas em sérios ferimentos eles podem ingerir bactérias e tecido morto estimulando o processo de cura e ajudando a prevenir infecção. Recentemente as gelatinosas sanguessugas, salvaram a perna de um homem no Reino Unido.

 

4. Maconha

 

É medicinal nós juramos! A maconha, normalmente associada com perda de memória, está sendo ironicamente utilizada para interromper a perda de memória causada por Alzheimer. Estudos recentes em ratos sugerem que anti-inflamatórios encontrados na droga previnem o acúmulo de proteínas no cérebro, uma das maiores causas da doença. “Oba! Quando posso começar com o uso preventivo?” Sugerimos esperar para que os estudos em humanos se iniciem.

 

3. Vinho tinto

 

É um ingrediente crucial nas dietas das populações com vidas cardíacas mais saudáveis. O vinho tinto é conhecido por possuir substâncias anti-cancerígenas e protetoras das artérias. A chave, indicam alguns estudos, é um antioxidante presente especificamente na casca das uvas vermelhas, chamado resveratrol. Os últimos estudos ligam esta substância a maior resistência e redução da periodontite e Alzheimer.

 

2. Chocolate

 

Regozijem-se os amantes do chocolate: estudo após estudo, recentemente, tem afirmado os benefícios mágicos dessa delícia escura que é cheia de flavonóides antioxidantes que previnem certos cânceres e previnem o entupimento das artérias. As notícias mais recentes? Estes poderosos químicos podem até aumentar o nível de fluxo de sangue no cérebro, prevenindo a demência. Procure sempre os que possuem maior teor de cacau possível. As barras cheias de açúcar, comum no chocolate brasileiro, não ajudam em nada a sua saúde.

 

1. Sexo

 

Cientistas descobriram que os benefícios do sexo vão além da sensação imediata, mas gratificante e satisfatória, da procriação. Além dos seus propósitos evolucionários óbvios nós todos podemos nos alegrar com a notícia de que o sexo é uma maneira simples de reduzir o estresse, diminuir o colesterol e melhorar a circulação do corpo. Como se você precisasse de mais uma desculpa. 9 Surpreendentes razões pelas quais você não tem feito sexo [Fonte]

 

 

 

 

Anúncios