Explode coração!


 

 

Jesus, Aroma Suave Seja o Meu Louvor

 

"… Veio uma mulher trazendo um vaso de alabastro com preciosíssimo perfume de nardo puro; e, quebrando o alabastro, derramou o bálsamo sobre a cabeça de Jesus." (Marcos, 14.3) (…) "e beijava-lhe

os pés e os ungia com o perfume.".

(Lucas 7, 38)

ffffound!

 

 

Uma mulher, provavelmente Maria irmã de Lázaro e de Marta, vai até Jesus e esvazia um vaso de alabastro cheio de um caríssimo perfume sobre a cabeça de Jesus e depois o quebra. Qual o significado daquele ato, e quais lições podemos tirar de lição para nossas vidas?

 

 

Certamente, quando derramou todo aquele perfume, ela expressou a sua enorme gratidão e amor ao Senhor Jesus; pois depositou algo muito precioso diante d’Ele, sem reservas. O narrador Marcos, deixa claro que Jesus gostou muito daquele ato de dedicação… o que nos permite afirmar que esta é a maneira pela qual o Mestre gosta de ser adorado, considerado, e por que não dizer, valorizado.

 

 

Muito embora a atitude daquela serva fiel tenha enchido de alegria o coração do Mestre, incomodou profundamente os que não alcançaram a dimensão daquela atitude, por não serem íntimos com o Senhor, e por conseguinte, não conhecerem a Sua alma…

 

Há pessoas que, além de viverem desfocadas da vontade de D´us, têm se especializado em julgar, opinar e até inibir a relação de outrem com o Senhor: "- Bem que este perfume poderia ser vendido e com o dinheiro ajudaríamos aos pobres", disse Judas.

 

Outra questão: por que além de derramar todo aquele perfume, a mulher em seguida quebrou o vaso? Que lição está contida nesse estranho ato? E, por que as pessoas reclamaram do perfume caro derramado, e não reclamaram do vaso quebrado, também tão caro?  Como israelitas – judeus -, todos ali sabiam que quebrar uma taça, um vaso, significava o mesmo que dizer publicamente:  "- Este objeto jamais será usado para outro propósito!".  E foi exatamente isso que ela deixou claro ao quebrar o vaso.   Com aquele ato estava dizendo que não só o seu interior, coração,  alma,  sonhos,  confiança, esperança e futuro, pertencia a Àqu´Ele que jamais poupou-lhe nada (sempre foi atencioso, carinhoso, e, além de tudo, havia-lhe feito acreditar na vida eterna), mas também todo o seu exterior, seus relacionamentos, atitudes, projetos… Tudo o que tinha, e era, jamais serviriam para qualquer outro propósito enquanto vivesse!

 

Quando  reconhecemos realmente que Jesus entrelaçou Sua preciosa vida às nossas, pagando um preço imensurável, nos levando a experimentar comunhão com o Pai, somos naturalmente compelidos a nos entregar completamente, e "quebrar", aniquilar  todo e qualquer outro fim que não seja servi-Lo integralmente em santidade de vida…

 

 

Hoje, mais uma vez, cumpre-se a Palavra do Senhor Jesus: "Onde for pregado em todo mundo o evangelho, será também contado o que ela fez, para memória sua.", (Marcos, 14.9).  

 

Em Cristo Jesus, Dono do nosso interior e exterior.

 

 

 

Ricardo Vasconcellos         

 

Igreja Presbiteriana Unida da Penha – RJ (Pão Quente Diário)

 

Anúncios