Rotina X Disciplina


 

 

Disciplina X Rotina  

 

ffffound!

 

 

 

 

Rotina é acordar no mesmo horário, cinco vezes por semana, apenas porque tem que trabalhar, sem pensar no porquê de fazer aquilo.

 

Ter disciplina é acordar uma hora mais cedo para caminhar, com o objetivo de melhorar a saúde e o bem-estar. E também o ânimo para trabalhar e assim conquistar bens materiais e prazer pessoal.

 

Rotina é trabalhar em algo de que não se gosta, apenas porque você já trabalha nisso há dias, meses, anos.

 

Ter disciplina é separar horários do dia, da semana, do mês, para procurar um outro emprego mais prazeroso. Até encontrar.

 

Rotina é fazer os mesmos caminhos todos os dias apenas porque é mais rápido, mais fácil, mais tranqüilo… ou simplesmente porque alguém o ensinou a fazer isso.

 

Ter disciplina é procurar caminhos diferentes para chegar aos lugares que se quer ou para atingir os objetivos desejados. E descobrir que estes caminhos podem ser mais seguros também.

 

Rotina é ter relacionamentos que não preenchem todos os escaninhos do seu coração, mas que cabem dentro de sua carência, apenas porque é menos dolorido do que amar de verdade.

 

Ter disciplina é ensinar ao seu coração de que o amor pode machucar, deixar marcas e por vezes até fazê-lo sangrar… Mas que é só tentando sempre que encontraremos aquele que vai cicatrizar todas as feridas.

 

Rotina é comer o mesmo tipo de comida, ingerir a mesma qualidade de bebida, freqüentar os mesmos ambientes para se divertir e ter os mesmos colegas para dividir estas pequenas rotinas. E não achar que é isso é uma rotina.

 

Ter disciplina é conseguir se doar um pouquinho para cada amigo novo, é aprender a gostar de um novo paladar, é apreciar um outro tipo de bebida mais saudável, sabendo que aquilo poderá mudar sua vida.

 

Rotina é quando mecanizamos o que deveria ser racionado.

Ter disciplina é conseguir racionalizar o que nos ensinam que deve ser mecanizado.

 

Mas disciplinar não é transformar o novo em rotina.

Disciplinar é dar objetivos para as rotinas necessárias.

 

Por isso, não transforme a rotina em uma arma contra sua própria alma.

 

Mas faça suas tarefas com a disciplina que nos dá porquês, motivos, objetivos e razões.

 

Não quero a rotina de ligar o computador e a TV só porque cheguei em casa.

 

Mas quero ter a disciplina de ligar o computador para escrever algo que me permita ser mais eu. E a disciplina para escolher o que realmente quero assistir na TV.

 

Trabalhe, coma, beba, ame. Mas não por rotina.

Faça por prazer, com consciência. E com disciplina.

 

Autor Desconhecido

 

Anúncios