Notícias que vão parar o trânsito


 

 

Homens querem direito de usar saias na França

FOTO:FFFFOUND! 

Membros da associação querem mais liberdade no vestuário

 

Uma associação na França está lutando pelo direito dos homens usarem saias, adotando a peça no guarda-roupa.

A idéia do grupo Hommes en Jupe ("Homens de Saia", na tradução literal) é resgatar uma tradição que ainda existe em vários lugares do mundo, mas foi perdida nos países ocidentais.

 

“Milhões de homens em todo o mundo usam saias, como os sarongs no sudeste asiático, pareôs na Polinésia ou ainda as djelabas na África. Por que nós não temos o direito?” pergunta Dominique Moreau, presidente da associação, que reúne pouco mais de 30 membros.

 

“Lutamos contra os preconceitos e clichês que associam os homens de saias a travestis ou pessoas com perversões sexuais”, diz ele, que é casado e tem dois filhos. “Não somos animais de circo nem exibicionistas e nosso movimento não tem nada de folclórico.”

 

Tradição

 

Moreau lembra que os homens vestiam saias na França há 500 anos. No Ocidente, esse costume só foi mantido pelos escoceses, mas o uso do chamado kilt (saia escocesa para homens), segundo a associação, é associado a um costume folclórico.

 

O objetivo dos membros de Hommes en Jupe é liberalizar o guarda-roupa masculino. Eles se inspiram na luta das mulheres há algumas décadas pelo direito de usar calças e querem fazer com que as saias possam ser usadas no dia-a-dia como uma peça normal do vestuário masculino.

 

Eles consideram a saia confortável, agradável, não querem passar o resto da vida limitados ao uso de calças e alegam que a moda masculina hoje é “pobre” e sem imaginação.

 

Yoelo (pseudônimo), tesoureiro da associação Hommes en Jupe, diz à BBC Brasil que usa saias para ir, por exemplo, ao supermercado, à feira e ao cinema.

 

"As pessoas normalmente têm uma opinião favorável. Os homens, em geral, são mais reticentes quando nos vêem usando saias, mas nenhum membro da associação nunca sofreu nenhum tipo de agressão ou coisas do tipo”, explica ele.

 

“Na praia, durante o verão, o uso da saia por homens passa mais despercebido. Mas sempre estamos vestidos de maneira sóbria. Não estamos fantasiados”, diz ele, que possui cerca de uma dezena de saias em seu guarda-roupa e se veste dessa forma há pouco mais de quatro anos.

 

Prêt-à-porter

 

Mas, por enquanto, a luta para liberalizar o guarda-roupa masculino não abrange o vestuário em situações profissionais. Nenhum dos membros utiliza saias para ir ao trabalho.

 

"Ainda estamos muito longe desse momento em que os homens poderiam utilizar saias no trabalho. Não há como fazer isso hoje”, diz Yoelo, que é engenheiro.

 

Ele prefere não se identificar, inclusive em fotos, porque atravessa atualmente uma situação familiar complicada e está em um processo de separação conjugal.

 

 “Esse é um dos grandes problemas enfrentados por membros da associação. Muitas vezes é difícil que a própria família aceite isso. E o fato de usarmos saias pode ser utilizado contra nós na Justiça em processos de divórcio e guarda dos filhos”, diz Yoelo.

Alguns estilistas, como Jean-Paul Gaultier e Agnès b, já criaram modelos de saias para homens. Mas os membros de Hommes en Jupe normalmente compram suas saias nas seções de prêt-à-porter feminino.

 

No ano passado, uma empresa francesa lançou uma linha de meia-calças para homens, que inclui modelos cor da pele para serem usados com bermudas.

 

 

Daniela Fernandes

De Paris para a BBC Brasil 

 BBCBrasil 

 

Não, não errei a foto  do hombre, coloquei uma mais light… quem quiser ver o gatão clique aqui  oh doh!

 
Quer usar saia, pois que use, quem impede?
Não, ele quer  se aparecer…
 
 
 

Anúncios