Adidas China: Impossível é Arrumar a Vitrine


 

 Beijing 2008

Maior Adidas do mundo

Adidas fica próximo à zona boêmia para turistas

         Foto: Jana Jan/China in Blog  

 

Patrocinador oficial é coisa séria. A Adidas, um dos superpatrocinadores da Olimpíada de Beijing, abriu na capital chinesa a sua maior loja do mundo. São mais de 3 mil metros quadrados, divididos em quatro andares.

 

O local reúne roupa pra criança, masculina e feminina – além de sapatos, tênis, bolsas e acessórios – de todas as marcas das coleções. São peças de Adidas Originals, Adidas, Adidas Stella McCartney (é, a filha do Paul) e  Adidas Style, com Yohji Yamamoto – a Y-3.

 

As roupas do japonês sessentão são apenas TUDO. Mas, sério, eu não consigo entender porque uma blusa sai por mais de 300 dólares. Me parece uma afronta à tanta falta de dinheiro por aí…

 

Restrições à parte, o prédio da Adidas virou cartão postal da cidade, e tem turista que não resiste a uma foto em frente ao estabelecimento. Pra quem vem pra cá, fica em GongtiBeilu, perto do Estádio dos Trabalhadores e quase na esquina com Sanlitun, uma das áreas boêmias da cidade, e a mais famosa entre estrangeiros.

 

 

 

  Turista faz pose em frente à vitrine com milhares de tênis

 

Impossible is Nothing

 

O slogan da Adidas é conhecido de uma legião mundo afora: Impossible is Nothing – Impossivel é Nada.

 

Bem, aqui, a Li-Ning, marca esportiva chinesa que homenageia o ginasta de mesmo nome, tem um slogan parecido: Anything is Possible – Tudo é Possível. Pra mim, a linha vermelha símbolo também remete a outra marca esportiva. Mas antes de qualquer crítica, como já dizia Lavoisier, "Nada se cria, tudo se copia". Ops, não. A lei do cientista francês é menos explícita: "Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma".

 

China in Blog

 

 

Anúncios