Comer muito envelhece?


 

 

 

Comer muito envelhece?

Estudos em animais têm demonstrado que quanto mais se come, mais rápido se envelhece. Uma das explicações está no aumento da produção de radicais livres.

Os alimentos são a principal fonte de energia para o organismo. A energia obtida com a metabolização dos alimentos é utilizada pelo nosso organismo para a realização de diversas atividades desde os batimentos do coração até a prática de esportes. Durante o processo de metabolização dos alimentos são formados os radicais livres, substâncias que em excesso são prejudiciais para as células e, por isso, o nosso organismo conta com mecanismos capazes de neutralizá-los.

Quando comemos em excesso, a produção de radicais supera a capacidade do organismo neutralizá-los e estas substâncias em excesso se ligam às células causando a sua oxidação e envelhecimento.

A ingestão de calorias além de nossas necessidades também causa ganho de peso com conseqüente aumento no risco de desenvolvimento de outras doenças como diabetes tipo 2, hipertensão arterial, aumento do colesterol e doenças do coração, doenças também associadas a um maior risco de morrer precocemente. Por isso, sempre lembro para meus pacientes que além dos benefícios para a saúde, um dos motivos para comer menos e emagrecer é prevenir o envelhecimento. Se você quer viver mais, coma menos.

 

Anúncios